Listando a tag

câncer de mama

Saúde

Colar da Vida: Instituto Se Toque

Recentemente tive a oportunidade de conhecer o trabalho do Instituto Se Toque, ONG que atua na promoção da saúde da mulher, com foco no câncer de mama. Um trabalho super bacana liderado pela Mônica Serra.

14212226_1281081405259440_4502085727371515815_n

Ganhei deles o Colar da Vida, com pérolas de diferentes tamanhos, que representam as etapas do crescimento de um tumor e suas chances de cura. Segundo o Se Toque, além de arrecadar fundos para o projeto, ainda estimula a realização periódica da mamografia e a prática do autoexame como forma de conhecimento das mamas.

t01

Até 1 cm = 95% / De 1 a 2 cm = 85% / De 2 a 3 cm = 60% / Acima de 3 cm = 30%

14225407_1281081371926110_2012492366491314900_n

t01

Mamografia – anualmente após os 40 anos

Exame clínico das mamas – a partir dos 20 anos como parte do atendimento médico integral da mulher

Autoexame – mensalmente, de sete a dez dias após o início da menstruação, quando as mamas estão menos sensíveis. Para as mulheres que não menstruam mais, deve-se escolher um dia no mês

Ultrassonografia – é indicada em casos específicos como exame complementar, particularmente em mulheres jovens, à procura de cistos ou nódulos ou, ainda, para diferenciá-los. Também permite orientar procedimentos como punções e biopsias

t01

O autoexame é uma ferramenta muito importante para que a gente conheça nossas mamas e possamos notas qualquer alteração visível ou palpável, mas vale lembrar que ela  não substitui outros exames como mamografia. O instituto produziu um vídeo com a Dra. Michelle Miya explicando passo a passo de como fazer o autoexame.

Imagem de Amostra do You Tube

O colar, que custa R$20,00, possui corrente em aço inox e fecho facilitado, com imitações de pérolas (interligadas por miçangas transparentes) produzidas em resina sintética pura, banhadas com esmalte especial antialérgico e totalmente isento de chumbo, portanto, não cancerígeno. Um cristal de acrílico transparente ao centro dá o acabamento à peça.

14224763_1281081345259446_5816684580370946258_n

De acordo com Mônica, todo o valor das vendas dos colares será revertido integralmente para os projetos do Instituto, como o Teatro Colar da Vida, Oficinas de Prevenção, Encontros com a Comunidade, Cursos para Educadores da Rede Pública de Ensino, Curso para Profissionais de Atenção Básica à Saúde, entre outros.

Vale a pena apoiar!

Beijos + Beijos

Chá de Comadres

Chá de Comadres: Outubro Rosa

Todo mês de outubro é realizada uma campanha para prevenção do câncer de mama, o tipo mais comum entre as mulheres. E o tema deste mês do Chá de Comadres é Outubro Rosa!
Gosto muito de falar sobre prevenção do câncer de mama, pois muitas mulheres não têm o hábito de se tocar, o que é fundamental para diagnosticar qualquer inicio de anormalidade nessa região! E essa é uma doença muito triste para nós mulheres!
Há uns dez anos tomei um super susto! Examinando meus seios desconfiei de um pequeno carocinho. Na hora fiquei desesperada e corri para marcar um médico. Fiz uma ultrassom das mamas e foi identificado um pequeno nódulo. Assim que meu médico analisou o exame, imediatamente marcou uma biópsia. Nem precisa dizer que enquanto não vi o resultado minha vida virou de ponta cabeça, chorei muito, morri de medo, mas a fé em Deus foi maior.
Felizmente quando o resultado, era um nódulo benigno. Fiquei muito aliviada, mas por instantes senti na pele o desespero de poder estar com algo grave. Essa minha história teve um final feliz, graças a Deus, mas sinto muito pelas muitas mulheres que sofrem com esse mal.
Mas com fé, o amor da família e amigos, otimismo e dedicação é possível vencer!
Compartilho com vocês alguns breves histórias de mulheres que venceram a doença:

Patrícia Pilar 

Durante um autoexame em 2001, aos 37 anos, a atriz Patricia Pillar sentiu um nódulo em seu seio esquerdo. Depois de uma cirurgia para a retirada do tumor e sessões de quimioterapia, a atriz foi considerada curada pelos médicos.

Elba Ramalho

 

Em 2010, quando tinha 59 anos, a cantora descobriu que estava com um nódulo no seio. O caso era simples e o tumor não tinha muita malignidade. Elba passou por uma cirurgia para a retirada do nódulo e depois por sessões de radioterapia, sem se submeter à quimio. Em uma nota divulgada à imprensa, ela contou que o câncer era de origem hormonal.

Kylie Minogue

Em 2005, aos 36 anos, a cantora australiana descobriu um câncer de mama. Ela se submeteu a uma mastectomia parcial e também fez sessões de quimio e radioterapia para tratar a doença.


Sheryl Crow

A cantora country foi diagnosticada com câncer de mama em estágio inicial em 2006, aos 44 anos. Ela fez cirurgia e algumas sessões de radioterapia e venceu a doença.
O câncer de mama tem cura! Vamos alertar nossas mães, amigas sobre a necessidade de se cuidar, fazer o exame do toque e os exames periódicos! É possível vencer!!!
Espero que tenham gostado do tema do Chá de Comadre! Aproveite para conferir o assunto nos blogs:  Loucas e Maquiadas,  Little Bit of Glamour, Mundo Melissa, Juponesa, Terapia Feminina e Sacola de Cores
Até o mês que vem!
Sem categoria

Outubro Rosa


Já estamos entrando na segunda semana de outubro, mas nunca é tarde para lembrar que estamos no mês que é marcado pela luta contra o câncer de mama.
E é neste mês que acontece o ”Outubro Rosa”, um movimento popular comemorado em todo o mundo e que teve inicio nos Estados Unidos. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, pessoas e entidades.
Durante todo o mês, monumentos e locais públicos são iluminados, acontecem corridas de rua, desfiles, entre outras ações.
Vejam alguns monumentos iluminados:
Obelisco do Ibirapuera (SP)

Congresso Federal (DF)
 
Infelizmente, o câncer de mama é a principal causa de morte entre as mulheres no Brasil. Porém, ele pode ser combatido e muitas vezes curado, quando diagnosticado no início. Realizar o auto-exame das mamas é o primeiro passo!
Fazero auto-exame é fundamental eajuda a diagnosticar o problema
Um relatório mundial, divulgado em julho, sobre o câncer de mama estima que, em 2013, pelo menos 60 mil mulheres a mais que este ano sejam diagnosticadas com a doença. A previsão de novos casos identificados até o fim de 2012 em todo o planeta é de 1,6 milhão, contra 640 mil na década de 1980.
Ou seja, em três décadas, o número mais que dobrou. E nós temos que nos cuidar e também alertas as mulheres mais próximas.
Façam o auto-exame! Se cuidem!!!
Beijos